22 outubro 2012

Tema: Mande tijolos

"Jesus continuou: Meu pequeno rebanho, não tenha medo! Pois o Pai tem prazer em dar o Reino a vocês. Vendam tudo o que vocês têm e deem o dinheiro aos pobres. Arranjem bolsas que não se estragam e guardem as suas riquezas no céu, onde elas nunca se acabarão; porque lá os ladrões não podem roubá-las, e as traças não podem destruí-las. Pois onde estiverem as suas riquezas (tesouros), aí estará o coração de vocês."
Lucas 12: 32 - 34
Ontem no culto da manhã o pastor fez uma ilustração sobre nosso lar celestial, e na sala da Escola Bíblica Dominical (EBD) nós conversamos um pouco sobre ela. A ilustração é a seguinte:

Uma mulher (vamos chamá-la de Ana, por exemplo), salva em Cristo Jesus, depois de ter morrido foi levada por um anjo até sua casa no céu. Ela e o anjo passaram por ruas lindas, repletas de mansões belíssimas, casas imensas e bem decoradas. No caminho Ana ia tentando imaginar o quão bonita seria a casa onde passaria a eternidade. 
Os dois foram andando e andando, até que encontraram a casa mais linda da rua. Era enorme e tinha tudo do bom e do melhor. O anjo informou que aquela casa era de uma mulher que, quando em vida, havia sido a empregada doméstica de Ana. Quando ouviu isso, a animação dela ficou ainda maior, pois pensava "Se minha empregada recebeu este casarão, imagine o que eu vou receber?!". Mas então, o anjo dobrou a esquina, que dava para uma rua com casas menores, bem simples, de dois quartos e um banheiro. E qual não foi a surpresa de Ana em ver que uma daquelas casas, a menor de todas, era a sua. 
"Mas sr anjo, como pode a minha casa ser esta? E por que a da minha empregada é maior?" Ana perguntou. "Oras," respondeu o anjo "Aqui a gente só constrói com o material que vocês nos mandam. Sua empregada passou a vida inteira mandando material para a construção da casa dela aqui. Deu para construir uma mansão e ainda sobrou! Enquanto a senhora... Bom, você sempre teve tudo na Terra, mas mandava pouco material para o céu. Passamos até aperto para construir sua casinha..."

Neste dia consegui entender o que seria um galardão. Há uma recompensa esperando por cada um de nós no céu, mas o que fazemos aqui na Terra tem poder de influenciar no tamanho e na qualidade dela. 
Muitas vezes estamos como a Ana da ilustração, vivendo nossa vida terrena e esquecendo que passaremos muito mais tempo vivendo a eternidade. E Jesus disse, como vimos acima: Onde estiver o seu tesouro, aí estará o seu coração 1. E tenho certeza de que você já ouviu esta frase da Bíblia: Pense nas coisas que são do alto, e não nas que são da terra 2
Lembre-se, galardão é a recompensa por aquilo que fazemos
Você tem mandado muito material para a construção de sua casa no céu, ou seu terreno ainda está vazio?
Mas não esqueça que há diferença entre Galardão e Salvação. A Salvação não vem das obras, para que ninguém se glorie 3. O galardão é para os que já estão salvos. 

Minha professora da EBD até disse assim: "A empregada da Ana devia limpar a casa louvando a Deus, dando Aleluias... E tudo isso foi se transformando em material e sendo mandado para o céu, onde foram construindo a casa dela". A Bíblia diz E qualquer que tiver dado só que seja um copo de água fria a um destes pequenos, em nome de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá o seu galardão 4. Deus é galardoador daqueles que o buscam 5. Ele recompensa até aquelas obras que nós consideramos pequenas, como dar um copo de água a alguém. Deus é fiel e justo, e dará a cada um segundo as suas obras 6.


Nesta semana coloque como prioridade buscar primeiro o Reino de Deus. Ore para que Deus te mostre as oportunidades em que você pode ser usado para abençoar alguém. Busque conhecer a Deus através da sua Palavra, e descubra aquilo que O deixa feliz. Peça ajuda a Deus em oração para que Ele te ensine a ter mais interesse pelas coisas do alto. Faça mais por Deus hoje, do que você fez por Ele ontem.





(Leia mais sobre galardão AQUI)

Referências bíblicas:
1: Lucas 12: 34
2: Colossenses 3: 2
3: Efésios 2: 9
4: Mateus 10: 42
5: Hebreus 11: 6
6: Mateus 16: 27

Nenhum comentário:

Postar um comentário