16 novembro 2012

Você é meu jardim particular


Minha noiva, meu amor, você é como um jardim cercado e fechado; é uma fonte particular.
Nesse jardim as plantas crescem bem. Crescem como um pomar de romãs e dão as melhores frutas.
Nele existe hena e nardo; existe nardo e açafrão, canela e jasmim-azul e todas as espécies de incenso.
Há também mirra e aloés e outras plantas perfumosas.
Você é a fonte do meu jardim, a corrente de água doce, o ribeirão que corre dos montes Líbanos.
Cantares 4: 12 a 15

Quando li esta passagem da Bíblia eu me lembrei de um livro que gosto bastante, "O jardim secreto". A história fala de uma menina que morava na mansão de seu tio, e que um dia, ao ir brincar nos jardins, vários deles murados, descobriu um jardim que tinha sua porta escondida por heras (aquelas plantas trepadeiras que cobrem paredes) e que, ao contrário dos outros, estava trancado. No decorrer da história ela encontra a chave, que estava enterrada, e fica sabendo que aquele era o jardim particular do dono da mansão.

Voltando ao texto bíblico... quão carinhoso deve ser chamar alguém de "meu jardim cercado", melhor ainda, ouvir alguém nos chamar desta forma. É lindo sermos para esta pessoa tal qual um jardim particular, onde só ela tem acesso. E assim somos para Deus. 

Na história de "O jardim secreto", a menina encontrou um jardim enorme, com uma fonte velha no meio, mas com suas flores murchas, muitas delas mortas, porque não eram cuidadas há anos. Mas nós, propriedades particulares de Deus, somos cuidados por Ele em todo o tempo. Somos regados de amor, podados, tratados. No jardim de Deus crescem as melhores flores, e os frutos do Espirito nascem com abundância. Nada nos falta, pois o jardineiro Jesus sempre nos provê o que precisamos.
Não precisamos temer mal algum, pois Deus é como uma fortaleza, é como uma muralha a nossa volta. Os inimigos não nos alcançam, pois estamos bem protegidos.
A respeito do seu jardim cercado*, Deus diz:
Eu cuido dele e sempre o rego; eu o vigio de dia e de noite para que ninguém o estrague. 


Você detém a chave do seu jardim, o seu coração. O que irá fazer com ela? Enterrar? Não, não faça isso. Entregue-a ao jardineiro, Ele o tornará Sua propriedade particular, cuidando dela com muito amor. 

* versículo 3 de Isaías 27, Deus falando de sua plantação de uvas, o povo Dele.

6 comentários: